Moda Running // 27 ago 2014

Saiba o que é canelite e como você pode tratar

Por Giselli Souza

Você começa a correr e vem uma dor bem na região na canela, como se fosse uma fisgada. Depois de uns 15 minutos insistindo, ela misteriosamente desaparece, mas assim que você termina o treino ela volta com força total. O gelo até ameniza, mas depois de um tempo a dor começa a ficar insuportável, a ponto de você começar a correr na ponta do pé. Se você sentiu ou está sentindo alguns dos sintomas acima, cuidado: você pode estar com uma canelite.

8

A canelite é uma inflamação que atinge o osso da tíbia (popularmente conhecido como canela) é uma queixa frequente em corredores, principalmente iniciantes, que se empolgam com os treinamentos e começam a aumentar o volume de treino rápido. Eu já tive, em 2010, não tratei e meses depois, tive uma fratura por estresse e fiquei três meses de molho. Isso mesmo. Canelite não tratada vira lesão séria e aí, minha amiga, só muita fisioterapia e zero de corrida.

7

  • Causas da canelite

Como eu mencionei acima, a canelite pode ocorrer também em virtude da fraqueza dos músculos dos membros inferiores. Lembra-se da importância da musculação? Então, de nada adianta você ter condicionamento físico se os seus músculos não estão preparados para aquele volume de treino excessivo. A falta de alongamento dos músculos da panturrilha e o excesso de treinos no asfalto também judiam bastante a região.

4

Corredora Débora Ferreira em tratamento para se livrar de uma lesão

  • Concreto, asfalto, terra batida ou grama?

Para quem tem a chance de correr em outros pisos, como terra batida ou grama, aproveite. O concreto chega a ser seis vezes mais severo para os tecidos da tíbia que o asfalto. O asfalto, por sua vez, é três vezes mais severo que a terra batida. A grama é ainda mais macia e diminui significativamente o risco de inflamação na tíbia.

Terra batida é sempre melhor que o asfalto

Correr na grama ou na terra batida diminui o risco de lesões

  • Tênis x pisada

A escolha errada do tênis também pode influenciar no surgimento de lesões. Na dúvida, escolha sempre por tênis neutros. Pés hiperpronados (quando o corredor pisa para dentro) e hipersupinados (quando o atleta pisa para fora) estão entre os mais suscetíveis a lesões.

Saiba qual é a principal lesão entre corredoras

Um dos motivos da minha lesão em 2011, além da teimosia em não buscar tratamento, foi o tênis. Como não sabia a minha pisada (que é neutra), escolhi um tênis pronado na época, o que pode ter agravado ainda mais a minha lesão.

6

  • Como tratar e evitar a canelite

O tratamento de fisioterapia envolve desde a escolha do tênis correto, a crioterapia (gelo), eletroterapia (controle da inflamação e cicatrização da região lesionada), exercícios de fortalecimento da musculatura posterior da perna (panturrilha) e todos os outros músculos à medida que a atleta melhore. Somente quando a lesão estiver tratada, é que o fisio libera para um trote leve de 20 minutos, com progressão de 10 a 15% semanalmente.

Blogueira do RunJuRun conta como superou a lesão e voltou a correr

A prevenção envolve a escolha do tênis correto para você e até o uso de palmilhas personalizadas. O aquecimento antes do treino também é importante, assim como o aumento de volume gradual de treino e, principalmente, de velocidade. Sabe aquela história de começar a correr e já se inscrever em um monte de prova? Então, take easy que a vida é longa e devagar vc chega lá?

  • Gostou das orientações? Esse post foi feito com a ajuda do nosso parceiro Prime Fisioterapia. Leitoras Divas que Correm têm desconto especial na clínica. Saiba mais

Veja mais!

4 COMENTÁRIOS

    Andreia Cobianchi disse:

    Gi parabéns pela matéria!!! Achei ela muito para minha pessoa, rs!!! Depois da próxima ressonância faço um depoimento!!! Mais Divas em geral levem isso a sério, pois fratura mal curada é terrível, e é muito frustante querer correr e não poder!!!

    Francecleide disse:

    Fiquei preocupada agora, não sei se o que sinto e um aquecimento na tíbia ou dor, quando vi a foto é que fiquei mais preocupada ainda, pois parece que estou com esse problema, quando estou correndo ou caminhando rápido sinto um aquecimento na tíbia.

    Grazia disse:

    Amei a matéria!!! não liguei para a canelite e…..fratura por stress no joelho…..quase dois meses já de molho….agora, depois de ler a matéria, cuidado em dobro!!! Amo vcs Divas que correm!!!! bjbjbjbjbj <3

    Daniela disse:

    Excelente post!!!!!

Comentários fechados.