Nutrição esportiva // 16 fev 2017

Por que o peito de peru não é tão saudável o quanto a gente imagina

Autor Imagem Por Giselli Souza

Ele tem cara e jeito leve, mas ao longo do tempo das minhas consultas a nutricionista esportiva Lívia Hasegawa fui convencida por ela que o peito de peru não é tão inofensivo o quanto parece. Repleto de sódio e até açúcar ele também entra naquela lista de alimentos a serem consumidos com moderação tal qual o meu queijo brie delícia e o salaminho com limão que eu adoro como petisco.

“Se olharmos apenas a tabela nutricional poderíamos considerar um produto excelente, com 66kcal, 1g de carboidrato, 12g de proteína e 1,6g de gorduras totais na porção.  Mas a pergunta que fica é: de onde vem estas calorias? Bom, ao olharmos a lista de INGREDIENTES, podemos observar que além do peito de peru, temos mais 10 ingredientes, sendo que além dos conservantes, temos até açúcar”, explica Lívia.

peitodeperu

A dica que a nutri sempre me dá é: escolher sempre alimentos que vêm da natureza. Ou seja, “bicho e planta”. Sem aditivos químicos, zero industrializados. A melhor maneira de ver isso é pelo rótulo. Ou seja, antes de sair colocando tudo o que vê na gôndola do mercado no carrinho, leia o rótulo e preste atenção na quantidade e na qualidade dos ingredientes.

“Priorizem sempre aqueles alimentos que tenham os nutrientes em equilíbrio e que seu corpo reconhece tudo para ser aproveitado para diversas funções e não aquele que tem ingredientes que seu organismo não sabe nem o que é e não consegue aproveitar”, diz a nutri.

O que acharam das dicas, divas?

Escrevam nos comentários e bons treinos 🙂

Divas que Correm 4 anos. Save the date!
Conheça a nossa loja Divas que Correm
Venha treinar com o pelotão #divasquecorrem

Veja mais!